Sites que Recomendo:
Verdade e Vida
Rev. Hernandes

UMBET

 

LIVRO DE OSÉIAS

AUTOR. Oséias, o filho de Beeri, 1:1. Um contemporâneo de Isaías e Miquéias. Sua mensagem foi dirigida ao reino do norte.

ESPECIALMENTE APTO PARA SUA TAREFA
(1) Acredita-se que ele tenha sido natural do norte e que por isso conhecia as más condições existentes em Israel. Isto deu peso especial à sua mensagem.
(2) Casou-se, ao que parece, com uma mulher que lhe foi infiel. Alguns eruditos duvidam da existência desse casamento, mas se este realmente existiu, o capacitou para descrever vividamente a atitude de Deus para com Israel, sua "esposa adúltera", 1:2-3;2:1-5. Mas como o estilo do livro é altamente figurado, pode ser que a narrativa das experiências com sua esposa seja alegórica.
MENSAGEM ESPIRITUAL. A apostasia equivale ao adultério espiritual.
(a) Deus, o esposo, 2:20; Is 54:5.
(b) Israel, a esposa infiel, 2:2.

SINOPSE
SEÇÃO I. A apostasia de Israel simbolizada pela experiência do profeta em seu matrimônio, caps. 1-3.

SEÇÃO II. Discursos proféticos, são principalmente descrições da reincidência e da idolatria do povo, mesclada com ameaças e exortações, caps. 4-13.
A chamada formal ao arrependimento e as promessas de bênçãos futuras, cap. 14.

ILUSTRAÇÕES DE LINGUAGEM ALTAMENTE FIGURADA usada para expressar
a deplorável condição de Israel.
(1) O VALE DE ACOR, por uma porta de esperança, 2:15.
(2) "ESTA ENTREGUE AOS ÍDOLOS", 4:17.
(3) "COM OS POVOS SE MISTURA" (já não é uma nação separada e santa), 7:8.
(4) "UM BOLO QUE NÃO FOI VIRADO" (farinha por um lado, expressando tibieza de coração), 7:8.
(5) "ESTRANGEIROS LHE COMEM A FORÇA" (debilitada pelas más companhias), 7:9.
(6) "E AS CÃS SE ESPALHARAM SOBRE ELE" (velhice prematura e deterioração inconsciente), 7:9.
(7) "ISRAEL SERÁ DEVORADO" (perda da sua identidade nacional) 8:8.
(8) "COMO UM VASO EM QUE NINGUÉM TEM PRAZER" (Um vaso inservível e inútil ao Senhor), 8:8.
(9) "ELE AMA A OPRESSÃO" (falta de honradez nos negócios), 12:7.

PORÇÃO SELETA
O arrependimento e suas bênçãos, cap. 14.