Sites que Recomendo:
Verdade e Vida
Rev. Hernandes

UMBET

 

LIVRO DE NAUM

AUTOR. Muito pouco se conhece acerca dele. Seu nome significa "compassivo", ou "cheio de consolação".

DATA. Antes da queda de Nínive.

TEMA PRINCIPAL. A destruição de Nínive.

MARCO HISTÓRICO. Este livro é visto por alguns eruditos como uma continuação do livro de Jonas.
Parece que os assírios, depois de seu arrependimento produzido pela pregação de Jonas, voltaram em seguida a cair numa grande idolatria.
Eles saquearam outras nações e sua capital chegou a ser como uma caverna de leões cheia de presas, 2:11-12.

O PROPÓSITO do livro foi pronunciar vingança divina sobre a sanguinária cidade, e consolar a Judá com promessas de libertação futura, 3:1;1:13-15.

SINOPSE
Cap. 1, compreende uma visão da majestade do invencível poder de Deus, que romper o julgo dos assírios e libertar a Judá .
(I) A natureza de Deus 1:2-6
(a) Seu caráter e a administração da justiça 1:2,3
(b) Seu caráter exemplificado na natureza 1:4-6
(II) Administração da justiça de Deus 1:7-10
(a) Refúgio para os fiéis 1:7
(b) Vingança para os maus 1:8-10
(III) ANUNCIADA A DESTRUIÇÃO DE NÍNIVE COMO PARTE DO PLANO DE DEUS 1:1-11; 2:2
(a) Livramento de Judá 1:12, 13, 15; 2:2
(b) Juízo contra a Assíria 1:11,14
Cap. 2, é uma emocionante descrição do assédio de Nínive.
(a) O sítio coroado de êxito 2:1, 3-9
(b) Desesperação do povo 2:10-13
(c) Desolação antes do juízo 2:10-12
(d) Julgamento do povo como nação 2:13
Cap. 3, numa maldição pronunciada sobre a sanguinária cidadeprediz-se a sua completa ruína.
Nota. Alguns expositores têm visto em 2:4 uma alusão ao automóvel moderno, mas esta é uma interpretação forçada.
(a) Inevitabilidade do juízo 3:1-4
(b) Aniquilação nacional 3:5-18
(c) POSLÚDIO 3:19