Sites que Recomendo:
Verdade e Vida
Rev. Hernandes

UMBET

 

O FEITO DE ANTIOQUIA PRECISA SE REPETIR

Atos 11.19-26

Uma das expressões mais bonitas que encontramos nas Escrituras lemos em Atos 11 quando os discípulos foram a tal ponto identificados com Cristo que receberam o nome de cristãos pela primeira vez. Este fato ocorreu pelo menos cinqüenta anos após a ressurreição de Jesus. Ser chamado de cristão foi um marco do reconhecimento da autoridade e do nome de Cristo. Naquele dia começa a surgir a força do cristianismo, com todo poder, mesmo em meio às perseguições. O que este fato teve de tão significativo para Paulo e Barnabé e o ensina para suas vidas hoje?

1. Não apenas ensinavam sobre Cristo, mas viviam como Cristo

Paulo e Barnabé se destacaram pelo seu modo de vida naquela Igreja. Os dois não apenas ensinaram com as palavras, mas com a própria vida, por esta razão foram os pilares da Igreja primitiva. Passaram um ano naquela Igreja vivendo uma intensa vida de trabalho e dedicação. Hoje o que mais precisamos é resgatar a mesma autoridade de vida, de exemplo entre os cristãos e sermos reconhecidos como legítimos seguidores de Cristo. Infelizmente, somos sim reconhecidos, mas de forma negativa, por causa dos escândalos no meio cristão, Vemos muitas denúncias, ganância, oportunismo e pouca autoridade no seio da Igreja.

2. Não apenas aceitaram a Cristo, mas dedicaram de imediato suas vidas a Cristo

O que tem faltado em nossos dias são pessoas que se destacam pela sua dedicação na obra de Cristo. É muito comum as pessoas apenas se converterem e não se envolverem na Igreja, não procuram uma atividade para alicerçarem a fé e crescerem na experiência do novo nascimento.É preciso seguir o exemplo de Paulo e Barnabé se destacaram porque desejaram e se envolveram na obra de Cristo. Tornaram-se grandes missionários não somente porque estavam cheios do Espírito Santo, mas se dispuseram a fazer a vontade de Deus.

Quantos de nós estamos perdendo tempo nos bancos das Igrejas, apenas vendo o tempo passar e ouvindo que é preciso colocar a mão no arado. Para sermos reconhecidos como cristãos temos não apenas crer, mas acima de tudo viver e demonstrar amor e ação. Pense nisso meu irmão, e seja como Paulo e Barnabé. Amém!

Pr. Zaru Cassiano