Sites que Recomendo:
Verdade e Vida
Rev. Hernandes

UMBET

 

ESTUDO DO LIVRO DE AGEU CAP. 2

RECONSTRUINDO O TEMPLO – A GLÓRIA DA SEGUNDA CASA

A GLÓRIA DA SEGUNDA CASA (segunda mensagem - ENCORAJAMENTO - um mês depois da primeira mensagem- Ag 2.1-9).

“Fala, agora, a Zorobabel, filho de Salatiel, governador de judá, e a Josué, filho de Jozadaque, o sumo sacerdote, e ao restante do povo, dizendo:” Ag 2.2.

OBSERVAÇÃO: A primeira mensagem foi dirigida aos lideres para que iniciassem a obra, e depois para o restante do povo, para que seguissem as instruções dos seus lideres para executarem as suas tarefas.

APLICAÇÃO: Lideres iniciem a obra e distribuam as tarefas ao restante do povo.

OLHE PARA O SEU “TEMPLO” – (Ag 2.3). 

“Quem dentre vós, que tenha sobrevivido, contemplou esta casa na sua primeira glória? E como a vedes agora? Não é ela como nada aos vossos olhos?” Ag 2.3.

OBSERVAÇÃO: Deus manda uma mensagem para os 2 lideres e o restante do povo, aqueles que ainda estavam vivos, já idosos (Ed 3.10-13) que viram (contemplaram) o primeiro templo, façam uma comparação, este templo não é nada comparado em sua formosura ao primeiro.

Por que este templo não é nada aos nossos olhos? Por que este templo não se compara em nada em sua formosura, beleza do primeiro templo, (primeiro estado)?

APLICAÇÃO: Como está o templo do Espirito? Forte ou fraco? Saudável ou doente? Como você cuida do seu corpo e mente?

“A consequência dos pecados (desobediência e a prostituição a outros deuses) trouxe a destruição do templo, e assim é a mesma coisa em relação ao nosso corpo templo do Espírito Santo.”

“Um corpo saudável e forte, ou seja, a saúde mental e corporal reflete Cristo em minha vida!”

“Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá, porque o santuário de Deus, que sois vós, é sagrado”. 1 Co 3.16-17.

“Fugi da impureza. Qualquer outro pecado que uma pessoa cometer é fora do corpo; mas aquele que pratica a imoralidade peca contra o próprio corpo. Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito santo,...” 1 Co 6.18.19.

SEJA FORTE (A ALIANÇA DO SENHOR) – (Ag 2.4-5)

“Ora, pois, sê forte, Zorobabel, diz o SENHOR, e sê forte, Josué,...o sumo sacerdote, e tu, todo o povo da terra, sê forte, diz o SENHOR, e trabalhai, porque eu sou convosco, diz o SENHOR dos exércitos;” Ag 2.4.

“segundo a palavra da aliança que fiz convosco, quando saístes do Egito, o meu Espírito habita no meio de vós; não temais”. Ag.2.5

OBSERVAÇÃO: o povo atendeu a voz do Senhor, a palavra do Senhor agora não é mais uma exortação e sim de encorajamento, e Ele estaria com eles todo o tempo no trabalho.

Por que o povo estava desencorajado? Por aquilo que estava diante dos olhos deles. Eles compararam o belo templo que tinham, e agora tinham que se contentar com um templo bem inferior, mesmo reconstruindo não seria nem ao menos parecido com o primeiro, por isso o desânimo tomou conta deles.

“O povo olhava para o exterior do templo, enquanto Deus para o interior do templo.”

APLICAÇÃO:

NÃO DESPREZE O HUMILDE COMEÇO - Zc 4.9-10

“As mãos de Zorobabel lançaram os fundamentos desta casa, elas mesmas acabarão, para que saibais que o SENHOR dos Exércitos é quem me enviou a vós outros.”

“Pois quem despreza o dia dos humildes começos, esse alegrar-se-á vendo o prumo na mão de Zorobabel”. Zc 4.9-10

OBSERVAÇÃO: Embora pareça humilde (insignificante) quando comparado ao primeiro templo, à glória deste templo iria exceder ao templo de Salomão, pois esse seria agraciado com a presença do próprio Messias.

APLICAÇÃO: Às vezes aquilo que parece insignificante aos teus olhos, é exatamente isto que vai fazer você crescer e se aprimorar.

“Não despreze um ministério no seu humilde começo, pois é ele que te fará crescer Espiritualmente.”

“Não despreze um serviço que muitas vezes pode parecer insignificante, pois é em um começo humilde (dificuldades e provações) que te fará crescer e se tornar em um excelente profissional.”

NO QUE ESTAMOS ESTÁ CHAMANDO ATENÇÃO?

“preferimos que as pessoas entrem na igreja pelo seu exterior (beleza) ou pelo seu interior (aquilo que ela oferece)? Ou seja, pela espiritualidade da igreja em si (liderança espiritual dedicada na pregação e preparação da palavra e membros espirituais dedicados em seus ministérios).”

A ÚLTIMA GLÓRIA SERÁ MAIOR (PROMESSA) - Ag 2.9.

“A glória desta última casa será maior do que a primeira,...” Ag 2.9.

OBSERVAÇÃO: Esta promessa de uma glória maior cumpre-se em Cristo, está é a maior glória de Deus, a redenção em Cristo Jesus, nos libertando da escravidão do pecado, é preciso reconhecer, arrepender e confessar os pecados para que se manifeste a glória de Deus em nossas vidas.

EX: Podemos aplicar está passagem em nossas vidas comparando um homem cheio de vigor saúde e força, mas que se entregou aos vícios como cigarro, drogas, álcool, etc.., destruindo pouco a pouco seu corpo templo do espirito Santo. Este veio a se arrepender depois de muitos anos, e Deus o perdoou, se tornando a glória desta ultima casa maior do que a da primeira, mas as consequências do pecado ficaram em sua vida, como doenças graves que prejudicaram sua vida física e mental, (falta de força, saúde em geral), perdendo assim aquela beleza exterior (saúde) que exalava em seu primeiro estado.

“O estado físico pode não estar como o da primeira vez (saudável, exalando beleza), assim como o templo de Jerusalém”.

APLICAÇÃO:

COMO TENHO HONRADO A DEUS COM O TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO?

“A glória desta última casa será maior do que a primeira, quando há arrependimento, só que muitas vezes o teu corpo (templo do espírito Santo) estará destruído exteriormente por causa do pecado e não terá mais aquela beleza (saúde, força, bem-estar) de antes, você sofrerá as consequências do pecado”.

“Não deixe para lamentar seu primeiro estado no final da sua vida, mesmo havendo sincero arrependimento, pode não haver mais tempo, restauração física em consequência do pecado.”

SANTIFICAÇÃO (IMPUREZAS NO MINISTÉRIO) - (terceira mensagem- REPREENSÃO – Ag 2.10-19) – dois meses depois da segunda mensagem.

COMO ESTÃO AS OBRAS DE SUAS MÃOS? - Ag 2.12-14.

“Se alguém leva carne santa na orla de sua veste, e ela vier a tocar no pão, ou no cozinhado, ou no vinho, ou no azeite, ou em qualquer outro mantimento, ficará isto santificado? Responderam os sacerdotes: Não”. Ag 2.12.

“Então, perguntou Ageu: Se alguém que se tinha tornado impuro pelo contato com um corpo morto tocar nalguma destas coisas, ficará ela imunda? Responderam os Sacerdotes: Ficará imunda.”
Ag 2.13.

“...Assim é este povo, e assim esta nação perante mim, diz o SENHOR; assim é toda obra das suas mãos, e o que ali oferecem: tudo é imundo. Ag 2.14

OBSERVAÇÃO: A lei cerimonial, lei civil não existem mais (abolida), somente a lei moral permanece. Deus repreende o povo para serem zelosos na construção do templo, pois a lei cerimonial aqui mostra que a santidade não é transferível, mas a imundícia sim.

APLICAÇÃO: embora a lei cerimonial não exista mais, podemos tirar algumas lições Espirituais.

Ex: Um homem doente chegai à igreja e começa a espirrar, contaminando todas as pessoas as sua volta, mas, se este homem fosse a igreja totalmente saudável ele iria transferir sua saúde? Certamente que não.

SANTIDADE

“O simples fato de você envolver em ministérios, ou, seja, pregar, ensinar, tocar, qualquer obra na casa de Deus, até mesmo ir à igreja, não faz de você santificado, muito menos purificado.”

“Não nos limpamos por estarmos associados (unidos) àquilo que é limpo, mas somos contaminados pela associação com o que é impuro.”

CONTAMINAÇÃO

“Seja zeloso quanto ao ministério, aquele que exerce um ministério sem santidade e consagração, vivendo uma vida cheia de pecados está contaminando e atrapalhando a obra de Deus, abrindo portas de entradas para todo espirito imundo agir, contaminando o corpo de Cristo.”

“Não sabeis que um pouco de fermento leveda toda massa.” 1 Co. 5.6
“Meus irmãos, não sabeis, muitos de vós, mestres, sabendo que havemos de receber maior juízo.” Tg 3.1.

CONSIDERE OS ACONTEIMENTOS DE ANTES, E APARTIR DE HOJE EM SUA VIDA- Ag 2.15-19.

“Agora, pois, considerai tudo que está acontecendo desde aquele dia. Antes de pordes pedra sobre pedra no templo do SENHOR.” Ag 2.15.

OBSERVAÇÃO: Considerem tudo que aconteceu antes de recomeçarem a obra, o ministério: quando subiam ao monte de 20 medidas havia somente 10, ao lagar para tirar 50, havia somente 20. Vs 16. Deus os feriu com queimaduras, ferrugem, saraiva, em todas as obras das suas mãos. Vs 17.

Considerem desde este dia em diante: Eu o Senhor vos abençoarei. Vs 28

APLICAÇÃO:

“Antes que você ponha pedra sobre pedra, ou seja, envolva no ministério da casa do Senhor, considere o que está acontecendo em sua vida. Será que estou apto para obra, ou estou contaminando o ministério? Deus enviou os profetas e os feriu com todo tipo de pragas e doenças e ninguém se arrependeu.”

“Considerai que a partir de hoje, se houver arrependimento e confissão de pecados, a videira e a figueira voltarão a dar seus frutos e vos Abençoarei”.

EU TE ESCOLHI (COMO UM ANEL DE SELAR) - Ag 2.20-23 (quarta mensagem – PROMESSA - no mesmo dia da mensagem anterior).

“Naquele dia, diz o SENHOR dos Exércitos, tomar-te-ei, ó Zorobabel, filho de Salatiel, servo meu, diz o SENHOR, e te farei como um anel de selar, porque te escolhi, diz o SENHOR dos Exércitos.” Ag 2.23.

“Escrevei, pois, aos judeus, como bem vos parecer, em nome do rei, e selai-o, com o anel do rei; porque os decretos feitos em nome do rei e que com seu anel se selam não se podem revogar.”
Et 8.8.

OBSERVAÇÃO: anel de selar era símbolo de autoridade e poder usado por um rei, de modo que não podia ser revogado de maneira alguma, assim Deus faz uma promessa a Zorobabel, te farei como um anel de selar, Eu te escolhi, isto jamais seria revogado, que se cumpriria em Cristo Jesus.

“Depois do exílio da Babilônia, Jeconias gerou a Salatiel; e Salatiel, a Zorobabel;” Mt 1.12

APLICAÇÃO:

“Porque os decretos feitos em nome do rei e que com seu anel se selam não se podem revogar”.

“Eu te Escolhi, e as minhas promessas se cumprirão no seu devido tempo, Amém!”

Lucas C. Scalco, Machado, 09/02/2014.